Logo da USF - Universidade São Francisco

botão de atalho p/ o Vestibular da USF
botão de atalho p/ o Vestibular da USF
logo usf
logo usf
botão de atalho p/ o Vestibular da USF botão de atalho p/ o Vestibular EAD da USF
Pesquisa

Projetos de Pesquisa

Projetos de Pesquisa

Obtenção e Caracterização Química e Biológica de Compostos Com Potencial Terapêutico

Título: Biotransformação e avaliação biológica de novos compostos
Resumo: O presente projeto propõe a modificação de compostos orgânicos através da utilização de organismos vivos ou preparações enzimáticas, visando um screening de atividades biológicas com o intuito de selecionar novos compostos biologicamente mais ativos que o seu precursor. Os processos biotecnológicos poderão gerar novos compostos funcionais além de promover a ampliação do conhecimento sobre a relação estrutura/atividade destes compostos.
Coordenador: Patrícia De Oliveira Carvalho
Contato: patricia.carvalho@usf.edu.br

Título: Título: Erva Mate (ilex paraguariensis): avaliação da composição química e das propriedades funcionais e/ou de saúde
Resumo: A ingestão de bebidas a base de erva-mate pode ser benéfica à saúde visto sua comprovada atividade antioxidante in vitro e in
vivo e outros efeitos fisiológicos já relatados pela literatura científica que suportam a crença popular em algumas das atividades relacionadas ao seu consumo. O mecanismo proposto relaciona-se com a presença de substâncias capazes de sequestrar radicais livres formados no início do processo de oxidação. A erva-mate apresenta altas concentrações de ácidos clorogênicos e concentrações baixas de flavonóides que passam para as infusões. Vários fatores irão determinar a concentração dessas substâncias nesses bebidas,com o tempo e temperatura da infusão, relação massa de erva/volume agua, granulometria da erva, composição da erva (pocentagem de talos e porcentagem de folhas) e presença de outras espécies de Ilex que são adulterantes. Além dos compostos fenólicos, as saponinas e as metilxantinas são importantes compostos bioativos da erva mate. Além da atividade antioxidante, capaz de retardar as doenças cardiovasculares e o envelhecimento celular,outros efeitos já foram relatados:(1) a inibição de plasminogênio e antitrombina III, que está relacionada com complicações vasculares decorrentes de diabetes;(2) a atividade hepatoprotetora e digestiva atribuida a esta bebida dada o efeito coletérico e a propulsão intestinal em ratos após a ingestão de mate; (3) o efeito vasodilatador de infusão de arva-mate em ratos sugerindo que essas bebidas contém compostos que podem causar vasorelaxamento endotélio-dependente medido por NO-cGMP ou AMP;(4) o efeito quimioprotetor ao DNA e (5) o efeito antiaterogênico. Baseado no exposto, dados a respeito da composição das bebidas a base de erva-mate, da freqüência e volume de consumo pela população e dos efeitos farmacológicos dessas substâncias nas concentrações ingeridas são necessários para que se possa promover a produção e a educação da população para o seu consumo
Coordenação: Marcelo Lima Ribeiro
Contato: marcelo.ribeiro@usf.edu.br

Titulo: Investigação da atividade farmacológica de compostos de origem natural em distúrbios do trato gastrintestinal (úlcera péptica, diarreia, mucosite intestinal, doença inflamatória intestinal e refluxo gastroesofágico) em modelos experimentais com roedores
Resumo: Avaliar efeito protetor e curativo de compostos de origem natural (extratos padronizados de espécies consideradas medicinais, compostos isolados de óleos essenciais ou de extratos) frente aos principais agentes agressores que mimetizem o curso de distúrbios gastrintestinais em humanos. Para tanto, serão realizados modelos experimentais em roedores (camundongos e ratos) afim de avaliar o potencial farmacológico de diferentes espécies vegetais em modelos experimentais de úlcera gástrica e duodenal (úlcera induzida por ácido acético, droga anti-inflamatória não esteroidal, etanol, isquemia-reperfusão, polifarmácia, entre outros), diarreia, mucosite intestinal, doença inflamatória intestinal e refluxo gastroesofágico, verificando tanto o possível efeito protetor destes compostos bem como mecanismos de ação por qual atuam. Assim, serão realizados análises macroscópicas, bioquímicas, moleculares e histológicas para verificar possíveis mecanismos de ações dos compostos avaliados.
Coordenação: Raquel de Cassia dos Santos
Contato: raquel.cassia@usf.edu.br



USF - Universidade São Francisco | Todos os direitos reservados.


USF - Universidade São Francisco | Todos os direitos reservados.