Logo da USF - Universidade São Francisco

botão de atalho p/ o Vestibular da USF
botão de atalho p/ o Vestibular da USF
logo usf
logo usf
botão de atalho p/ o Vestibular da USF botão de atalho p/ o Vestibular EAD da USF
Institucional

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Institucional

28/08/2019

Câmara recebe projeto de revisão do Plano Diretor elaborado em parceria com a USF

Câmara recebe projeto de revisão do Plano Diretor elaborado em parceria com a USF

 Câmara Municipal de Bragança Paulista recebeu o projeto de lei complementar 21/19, que altera o Plano Diretor do município, durante a 29ª Sessão Ordinária do ano (20/08), que contou com a elaboração de docentes e estudantes da Universidade São Francisco (USF). O ato de entrega contou com a presença do prefeito municipal de Bragança Paulista, Jesus Chedid, do vice-prefeito Amaury Sodré, representando o deputado estadual Edmir Chedid, do secretário Municipal de Planejamento, Marcelo Alexandre Soares da Silva, do vice-reitor da USF, Frei Thiago Alexandre Hayakawa, da diretora do Câmpus Bragança Paulista, professora Patrícia Teixeira Costa, do professor Décio Luiz Pinheiro Pradella, coordenador do projeto pela USF e secretários municipais.
O Plano Diretor é o instrumento básico da política de desenvolvimento do município. Sua principal finalidade é orientar a atuação do poder público e da iniciativa privada na construção dos espaços urbano e rural na oferta dos serviços públicos essenciais, visando assegurar melhores condições de vida para a população.
A partir da entrega, o projeto de lei complementar passa a tramitar nas comissões permanentes da Câmara e deve ser votado em Plenário em até 90 dias. “É um dos projetos mais importantes que envio à Câmara pois é o disciplinamento do futuro da cidade. Por isso agradeço à Universidade São Francisco porque se não fosse com essa parceria não teríamos chegado ao resultado alcançado. O atraso da revisão do Plano Diretor parou a cidade por muito tempo, causando uma série de dificuldades, como a espera por projetos de moradia popular, pois não sabíamos em quais áreas era possível construir”, destacou o prefeito.

O diretor-presidente da Universidade São Francisco, Frei Thiago, falou sobre o termo de cooperação firmado entre o município e a instituição de ensino. “Assinamos um termo de cooperação em 2018, que teve como contrapartida a contratação de 32 estagiários que atuaram na elaboração do projeto. A parceria deu a oportunidade para que a comunidade acadêmica vivenciasse a participação popular na apropriação do planejamento do município em um momento de descrédito do Poder Público, com a atuação de alunos e professores em campo para a construção de um diagnóstico, e na sequência, a elaboração de propostas, que fez com que a USF cumprisse uma de suas diretrizes comunitárias”, afirmou.

A diretora do Campus Bragança Paulista da USF, professora Patrícia destacou o envolvimento dos estudantes. "A importância desse projeto para a evolução profissional dos alunos envolvidos e a satisfação dos professores da Instituição por acompanhar o seu crescimento e desenvolvimento", comentou.
O presidente da Comissão Especial do Executivo para a revisão do Plano Diretor, o secretário Municipal de Planejamento, Marcelo Alexandre Soares da Silva, disse sobre as etapas de elaboração do texto. “Demos início ao trabalho de revisão em março de 2018, e no fim do ano apresentamos um levantamento inicial com 700 páginas aos vereadores, com a conclusão do diagnóstico, que ainda está disponível para consulta no site da Prefeitura. Para a elaboração foram realizadas 70 oficinas, quatro conferências públicas e três audiências públicas, com ampla participação popular e trabalho de campo desenvolvido por técnicos da Prefeitura, alunos e professores da Universidade São Francisco”, pontuou.

A Câmara dará continuidade aos debates do projeto com a realização de audiências públicas em datas que ainda serão definidas. “Este documento descreve o jeito de morar, de se divertir e de cuidar da terra e do solo do cidadão bragantino. Revela o modo como usamos as tecnologias e inovações e o que pode ser feito para melhorar a vida de todos, por isso os 19 vereadores da Casa estão empenhados em realizar audiências públicas e uma análise profunda do texto, cientes da responsabilidade que é”, destacou a presidente Beth Chedid.



Palavras-chaves: Institucional,
COMENTÁRIOS DESTA NOTÍCIA
COMENTÁRIOS DESTA NOTÍCIA
Nenhum comentário cadastrado, seja o primeiro a comentar esta notícia!
faça seu comentário
faça seu comentário
Seu nome
Seu e-mail
Sua mensagem


USF - Universidade São Francisco | Todos os direitos reservados.


USF - Universidade São Francisco | Todos os direitos reservados.